sábado, 29 de setembro de 2012

"João de Camargo" ensina sobre a História dos negros em Sorocaba


                                                                                            Foto: Carlos Carvalho Cavalheiro / 2011

Roteiro turístico acompanhado de personagem histórico. Essa é a fórmula encontrada pela Educar Turismo Pedagógico para ensinar a História dos negros em Sorocaba, dentro da perspectiva da aplicação da Lei 11645/08 (antiga 10639/03) que obriga às escolas o ensino da história e cultura afrobrasileira e indígena.
Criado pelo historiador e professor Carlos Carvalho Cavalheiro, o roteiro "África em nós" foi lançado em outubro de 2011. "É uma alternaescolas efetivamente trabalhem o tema com seus alunos", salienta o professor Laércio F. Toledo Júnior, diretor executivo da Educar Turismo Pedagógico.
O roteiro do projeto "África em nós" inclui visitas a lugares que salientam e marcam a história e a cultura dos negros no município.
"Aproveitamos os patrimônios, monumentos e lugares que remetem a essa memória, procurando com isso evidenciar a identidade cultural do negro sorocabano em diversos aspectos, sejam históricos, sociais, religiosos ou culturais", destaca Carlos Cavalheiro.
O roteiro pela região central da cidade é guiado por um ator fantasiado de João de Camargo, escolhido como um símbolo da presença do negro na história de Sorocaba. João de Camargo era um religioso negro que em 1906 construiu uma igreja (existente até hoje), dando início a um novo culto que mesclava elementos de cultos africanos com o catolicismo e o espiritismo. O passeio começa no Largo Santo Antônio (ao lado da praça Coronel Fernando Prestes), passa pela rua Nogueira Martins, Praça Carlos de Campos, Mosteiro do São Bento, rua Machado de Assis, visita o Monumento à Mãe Preta, a ONG Quilombinho e termina na Igreja de João de Camargo.
Nesse roteiro, destinado especialmente a alunos do Ensino Fundamental e Médio, os estudantes terão contato com informações sobre diversos aspectos da cultura afrobrasileira em Sorocaba (como o batuque, a umbigada, a pernada, o carnaval, a capoeira), sobre a história, especialmente da escravidão negra, da religiosidade (Irmandade de São Benedito, a Igreja de João de Camargo...), bem como o movimento negro organizado na cidade (Clube "28 de setembro" e Centro Cultural Ong Quilombinho).
O "piloto" do projeto "África em Nós" ocorrerá no próximo sábado, dia 06 de 0utubro de 2012, como encerramento do 1º curso de formação de educadores "RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: formação conceitual e prática voltada à compreensão das relações afro-descendentes", realizado pela Ong Quilombinho em parceria com a Prefeitura Municipal de Sorocaba.
Os cursistas desse curso de formação participarão do tour acompanhados do ator e recreacionista Felipe Dias - que interpreta o taumaturgo João de Camargo - e do historiador Carlos Carvalho Cavalheiro, que dará o suporte pedagógico para o roteiro.
 
O início do roteiro será na antiga Igreja de Santo Antonio (hoje demolida) ao lado do Mercado Municipal de Sorocaba, a partir das 14 horas do sábado.
Escolas interessadas em contratar o projeto podem se dirigir à Educar Turismo Pedagógico por meio dos telefones 3237 6342 ou 9700 7662, com Laércio Junior. Ou por e-mail: junior@educarturismo.com.br . O site da Educar é: http://www.educarturismo.com.br/
Os passeios começam em outubro e vão até dezembro deste ano, das 8h às 11h ou das 13h às 16h. São permitidas turmas de 40 alunos por vez. Os alunos recebem alimentação, kit com material educativo e outros itens.

2 comentários:

  1. Olá, fiquei sabendo que tem membro novo na família, a Kenia me contou sobre seu filho, desejo tudo de bom a vocês. Pensei em te mandar um email, mas acabei esquecendo a senha do meu, por isso vou lhe deixar a noticia por aqui mesmo, espero não incomodar. Vou cursar história, e quero que saiba que essa minha decisão tem uma grande influencia sua, pelo grande professor que me foi, despertou o meu interesse pela matéria e tudo mais. Muito obrigada e tudo de bom ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Amandha! Você não pode imaginar o quanto fiquei emocionado com a sua mensagem. É por esse motivo - e não por teimosia, como pensam alguns... rsss - que continuo sendo professor. Obrigado!
      Meu filho André está cada vez maior. Não sei se você tem acesso ao Facebook da escola Coronel, se está add, mas lá tem as fotos dele. Alegria da nossa vida.
      Abraços e felicidades. Que você se realize estudando História.

      Excluir